O conceito de ação: da teoria clássica à moderna

Continuidade ou ruptura? Resumo: O pensamento dominante no direito processual não pode ser qualificado como positivista (séc. XIX), pois ele é tributário de um modelo sistemático-conceitual anterior. No entanto, os conceitos utilizados pelo processo são impregnados pelos contextos históricos em que foram pensados, de modo que não comportam a abordagem…